Imóvel, qual escolher: apartamento ou casa?

A decisão de comprar um imóvel é muito importante e complexa, dependente de uma série de fatores, mas um dos primeiros e que determina todo o rumo da procura, da negociação e dos resultados é decidir por apartamento ou casa.

Existem os apaixonados para os dois lados e uma carta rivalidade: quem gosta de morar em casa e não se acostuma com a ideia da gaiola do apartamento e quem gosta de morar em apartamento e não vê comodidade e segurança em uma casa.

Os motivos emocionais surgem de um lado e de outro, mas você está no meio desta decisão e pensando na melhor opção de imóvel: qual escolher, apartamento ou casa?

Antes de escolher, prepare-se para a compra de um imóvel

Alguns passos são essenciais para que a compra do imóvel seja mais segura, eficiente e bem sucedida possível – tanto financeira quanto emocionalmente.

Define claramente o seu motivo e a sua urgência

Você está trocando para melhorar a qualidade de vida no imóvel ou de região? Quer morar mais perto do trabalho? Quer ir para uma região mais calma? Precisa entregar um imóvel alugado?

Estas e outras perguntas vão ajudar em dois pontos cruciais durante o processo:

  • Saber exatamente que imóvel, região e facilidades você que encontrar;
  • Controlar a ansiedade a partir da urgência da compra.

Muitos fatores externos podem influenciar na sua busca e decisão – expectativa da família, rescisão de locação, situação de mercado e interesse de corretor e vendedor. Sabendo exatamente as suas perspectivas, fica mais fácil pesquisar e escolher sem pressões.

Avalie sua capacidade financeira

Levantar todas as informações sobre:

  • Valor de recursos economizados e a liquidez deles (tempo de disponibilidade em conta);
  • Saldo de FGTS;
  • Impostos e taxas para regularizar a compra;
  • Financiamentos à disposição e em condições de serem aprovados para você;
  • Quais as possibilidades de pagamento de parcelas intermediárias (imóveis na planta);
  • Valor máximo de compromisso com prestações.

Com estes dados, você pode avaliar que imóveis estarão dentro do orçamento, o quanto pode ser negociado, de forma a não exceder a sua capacidade financeira presente e futura.

Apartamento ou casa?

O primeiro passo, antes de entender as vantagens e desvantagens, é ter o consenso familiar sobre a opção preferida. Pode haver uma divisão e as informações vão ajudar. Pode haver uma escolha clara, porém o momento para a compra não favorece ela.

Talvez a escolha seja até adiada. Mas quando colocamos as pessoas na decisão, sempre será mais fácil ter a participação geral. Afinal, um imóvel novo deve ser o verdadeiro lar de todos que vão residir nele.

Espaço para crianças e animais: apartamento ou casa?

Sem dúvida é um fator de qualidade de muito peso. Por mais que os condomínios ofereçam atividades e locais de lazer, nem sempre podemos levar as crianças pequenas. Morar em uma casa com espaço e algumas fontes de lazer – piscina, brinquedos – permite que elas e animais possam conviver com mais liberdade.

Por outro lado, é preciso redobrar o investimento em segurança, especialmente quando há piscina. Algo que os condomínios de apartamentos oferecem.

Custos de manutenção: apartamento ou casa?

Exceto se for uma casa de condomínio, você não terá cota condominial e rateio de despesas operacionais e de investimento morando em uma casa.

Porém, as despesas de conservação são exclusivas do proprietário – serviços de conservação, consumo de água e serviço de segurança. Em apartamentos, estas despesas são rateadas e existe uma gestão que controla o atendimento e a qualidade, o que é um trabalho adicional quando temos uma casa.

Segurança: apartamento ou casa?

Conforme adiantamos anteriormente, nas casas o custo dom sistema de segurança é exclusivo do morador, e costuma ser um valor relevante, conforme a solução que for escolhida. E especialmente nas casas em ruas abertas, o cuidado é redobrado na entrada e saída.

Nos apartamentos, o investimento em segurança pode ser maior, pois é rateado entre os moradores, que preferem soluções mais seguras, principalmente com o controle de acesso. Além disto, existe a preocupação com estranhos em áreas de convívio social de crianças e jovens.

Infraestrutura local: apartamento ou casa?

Esta é uma questão que varia muito entre regiões e bairros e porte das cidades, mas em geral os condomínios têm investido muito na montagem de pequenos comércios internos, de forma a facilitar a vida dos moradores nas compras básicas.

Além disso, os condomínios atraem mais comércio para região do entorno deles.

Podemos encontrar casas em ótimas regiões de comércio pequeno, porém é preciso um cuidado maior com as entregas em domicílio, já que o controle de segurança pode ser apenas o atendimento no portão.

Agora que você está decidido o segunda passo é fazer uma carta de crédito para conseguir comprar um dos dois.

 

Deixe uma resposta