Novas regras do INSS para as mulheres

Novas regras do INSS para as mulheres (foto: internet)

Saiba que ao realizar o Agendamento do INSS para tirar dúvidas nas agências do INSS, pode permitir que você saiba exatamente quais são as novas regras do INSS para as mulheres, entretanto, saiba que é possível verificar diretamente no portal Meu INSS demais informações, aqui também iremos falar um pouco mais sobre cada assunto.

Logo agora, onde a Reforma da Previdência inicialmente foi aceita dentro da Câmara dos Deputados, algumas pessoas ainda devem aguardar que o texto ainda passe pelo Senado, sendo que o mesmo pode ser aceito ou não, sendo assim, aqui iremos falar sobre quais são as novas regras e como entender as mesmas.

Saiba como entender as novas regras do INSS

De fato, após a concessão feita justamente à bancada feminina da Câmara dos Deputados para enfim obter a aprovação da reforma da Previdência, essa mesma concessão irá permitir que essas mesmas mulheres consigam antecipar sua aposentadoria integral em até cinco anos.

Novas regras do INSS para as mulheres (foto: internet)
Novas regras do INSS para as mulheres (foto: internet)

Lembrando que essa alteração diz respeito ao texto original que inicialmente havia sido enviado pelo projeto da reforma enviado pelo governo. Sendo que também, as mulheres deverão se aposentar cinco anos antes que os próprios homens.

É importante compreender que com a modificação do texto, as mulheres passam agora a ter beneficio com 35 anos dessa contribuição total e não precisarão de fato trabalhar pelos 40 anos desejadas pelo governo.

Entenda ainda que isso somente será possível devido a uma mudança que aconteceu na regra de cálculo da aposentadoria das próprias mulheres, sendo que agora com a nova alteração o cálculo será de 60% sobre a média geral das contribuições a partir de 15 anos contribuindo, sendo que logo o mesmo deve vir com acréscimo de 2% por cada ano a mais em atividade.

Logo, esse cálculo permite chegar aos 35 anos de contribuição somente fazendo isso. Lembrando que nesse relatório da reforma que foi aprovada na própria Comissão Especial, esse ganho adicional somente será possível a partir dos 20 anos de contribuição, sendo que para chegar ao beneficio do valor máximo é preciso contribuir por 40 anos.

Porém, é importante que as mulheres compreendam que continuarão tendo que cumprir a idade mínima efetivamente de 62 anos ou até mesmo ainda os critérios que estão previstos nas regras de transição.

Saiba como realizar agendamento do INSS

É importante que todos saibam que o agendamento do INSS realmente pode ser realizado por inteiro pela internet ou até mesmo pelo próprio telefone, sendo que não é preciso enfrentar filas nem nada.

Além do mais, você precisa entender que alguns serviços do INSS realmente não precisam de agendamento, sendo que com isso, você poderá realizar vários processos sem nem ao menos sair de casa.

Primeiramente você deverá acessar o próprio portal eletrônico do “Meu INSS”, depois precisará informar os dados solicitados pelo site.

Clique em “Não sou um robô” e logo depois clique em “continuar sem login”, depois através da barra lateral você deverá encontrar a opção de agendamentos ou requerimentos e então clicar na mesma.

A partir daí você poderá verificar informações sobre agendamentos marcados e ainda conseguirá visualizar o que deseja marcar!

Deixe uma resposta